Aqui vou publicar os meus receios, as minhas angustias, as minhas aventuras neste pequeno planeta...

09
Mar 08

 

Minha amiga PM hoje deu uma grande prova de querer.

Esta mulher move montanhas para atingir os seus objectivos.

Tem uma força e uma determinação que admiro, invejo até.

Foi convidada para ser madrinha da sobrinha.

No entanto tem um problema que poderia ser um grande obstáculo para a igreja católica.

Não tem a primeira comunhão, não frequenta a igreja. Vive em pecado (ihih ); não se confessa, não sabe os mandamentos nem os sacramentos da igreja católica.

Enfim....não é o ideal aos olhos dos protocolos da igreja para ser madrinha.

Mas a sua determinação, o seu querer, fe-la hoje levantar o rabiosque da cama de madrugada para ir assistir á missa, falar com o padre da paróquia que vai batizar a bebé.

 O padre, disse-me ela, foi muito arrogante, apesar de ser batizada, quer uma declaração do pároco da paróquia onde  PM reside em como é uma pessoa idónea.

Uma pessoa que frequenta a igreja, que acredita nos valores do catolicismo.

PM  e a  cunhada sairam decpcionadas.

Mas a determinação da PM move montanhas.

Partiu em direcção à igreja do sitio onde mora, assistiu à missa ( a segunda num domingo!) e falou com o padre Z.

Pessoa dificil...mas que estava nos dias bons.

A sua determinação e sinceridade levou-a a confessar que não  frequentava a igreja, ia de vez em quando à missa.

Não sei o que disse ao Padre Z. mas a declaração para a semana está na mão dela.

Claro que tem de ir assistir a mais uma ou duas missas....

E vai já no domingo à missa de ramos.

Mas é um sacrificio muito baixo para dar tamanha alegria á familia.

Sim...porque ninguém tem dúvidas que vai desemprenhar na perfeição o seu papel.

Com assinatura do papel na igreja ou não.

O que interessa é o caracter, o apoio, a responsabilidade que se tem ao ser madrinha ou padrinho dum ser.

E isso ela tem.

Ainda bem que tudo se resolveu pelo melhor.

Com um bocadinho de sorte...ainda  vou ver a PM  no palanque a ler as passagens da bíblia na missa.

Domingo vou estar lá.

Quero assistir pessoalmente a este feito inédito.

Parabéns...

É lamentável que apesar dos protocolos a igreja, os páracos se preocupem mais se a pessoa é ou não frequentadora da igreja, do que com os valores que os padrinhos tem de incutir nos afilhados.

Sim para mim isso é muito mais importante.

Bom...mas os padrinhos também vão ter uma preparação...

Pode ser que aí as coisas sejam explicadas!

Que os padrinhos tenham noção da responsabilidade que é ser padrinho/ madrinha.

Não é só dar uma prenda nos anos, natal, e outras festas.

É estar presente sempre que for solicitado.

Estar atentoás dificuldades que o afilhado passar.

Ter sempre uma porta aberta para ouvir, opinar sobre as questões e dúvidas que ao longo da vida vão surgir.

Acompanhar a vida daquele que chama afilhado.

Isso não tem a ver com a religião...

Porque ser ou não praticante de qualquer religião, seita  não é sinónimo de que não possa ser uma pessoa capaz de assumir tal responsabilidade.

Parabéns PM pela tua determinação, coragem.

E a bebé quando crescer vai compreender e admirar a tua força.

Perante as adversidades, não desistes..vais à luta.

Como sempre fizeste perante as dificuldades que surgiram na tua vida.

Confesso...admiro-te!

A bebé é uma sortuda.

Assim como os pais devem ter orgulho em ti.

O caminho mais fácil....seria desistir.

És uma verdadeira madrinha!

publicado por abadia7 às 21:10

Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14

16
17
22


30
31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO