Aqui vou publicar os meus receios, as minhas angustias, as minhas aventuras neste pequeno planeta...

23
Jun 08

 

Acabei de vir da rua…
Estavamos a jantar e ouvimos miar no quintal por baixo do nosso prédio.
É um quintal grande, propriedade do dono do nosso prédio, a minha mãe tem a chave do velho portão de madeira!
É neste quintal que os gatos vadios comem, dormem, constituemn familia.
É o paraiso dos gatos vadios!
Uma senhora( que deve pertence á sociedade dos animais) dá-lhe comer, assim como nós.
Bom…estou a desviar-me do assunto…
Terminado o jantar abrimos a porta…o gatinho bébé miava insessantemente!
Lá vesti um t-shirt velha, uns calções e com a minha mãe fomos ver o que se passava.
Pensávamos que era o filhote da cinzenta…
Mas a gata estava tranquilamente deitada no velho telhado!
À pressa enchi uma garrafinha de leite, e a minha mãe resmungava…
Chegadas lá…vimos o bichinho!
Alguém sem coração abandonou ali o bicho!
A minha mãe foi ao contentor arranjar uma caixa de cartão, enquanto eu despejava o leite numa latinha!
A minha mãe estava furiosa…e com razão.
Alguém propositadamente abandonou um gatinho ali!
Alguém teve o sangue frio de esperar que anoitecesse para fazer aquele serviço!
Não é justo para o bicho, e não é justo para nós!
Sim…se não podem ter animais…não deixem as gatas empranharem!
Existem pilulas também para os animais!
Ou então procurem donos para os animais!
Pessoa cobarde…esperou pela noite para fazer esta vergonha!
Sim…se fosse corajosa, e bom coração pegava no gato de dia e ia ter com a minha mãe…ela falava com a sra. Da protecção e ela arranjava um cantinho para o gato!
Essa sra. Leva os gatos vadios para o veternário!
Agora assim…
Pela calada da noite…
Abri a porta à pouco…lá estava o desgraçado a chamar pela ma~e!
Amanhã lá vai a minha mãe falar com a sra. E tentar apanhar o gato para ela levá-lo….
Não é justo!
Revolta-me estas coisas…
Quem abandona umanimal abandona um filho!

Aqui na rua anda um cão abandonado que mete medo!
Sim cheio de doenças…anda completamente desgraçado…
Por aqui e por ali…aos tropeções!
Não será preferivel entregá-los a uma instituição?
Não é mais justo?
Sim…sei que as instituições também estão cheias de animais abandonados..
Mas as nossas juntas, câmaras tem, devem  arranjar uma solução!
Assim é que não pode continuar!
Este animal é uma carga de doenças ambulante…para ele e para as pessoas!
Eu, que sou egoista assumida, que muitas vezes falo á parva e com isso magoou as pessoas amigas, sou incapaz de abandonar um animal.
Não tenho condições para ter um cão( até porque tenho pavor a este animal), não tenho espaço para ter outro animal…tenho doiis canários e um melro( apanhado pequenino feirdo…e criado por nós).
Mas já cheguei a ter 30 canários…e iamos todos de férias!
Era tão giro…
Duas gaiolas tamanho xxl acompanhavam-nos durante o mês que ficávamos na praia!
Nunca abandonei um animal…libertei um pardal telhado que apanhámos doente ajudámos a ficar xpto, e assim que restabeleceu…vai amiguinho à tua vida!
Na sexta feira morreu-me o “ gordo”.
Um canário que cantava que se danava, era bonito, e apesar dos nososo esforços, e do medicamnete…morreu!
Duas semans de sofrimento para ele e para nós, que tudo fizémos para ele comer e recuperar…
Uns dias antes parecia melhor…foi pura ilusão!
E assim partiu o “ gordo”…
Agora comprei um “blacky” novinho..cana rachada…ihih!
Para fazer companhia ao tineca…
Assim não fica sózinho!
E nós temos mais uma alegria aqui em casa…
Quem maltrata um animal não é um ser humano!
Quem abandona um animal de estimação abandona um filho!
…Estou revoltada com a hipócrisia das pessoas…
Com a malvadez do ser humano!
publicado por abadia7 às 22:58

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
24
25
26
27

29
30


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO