Aqui vou publicar os meus receios, as minhas angustias, as minhas aventuras neste pequeno planeta...

19
Fev 08
líder cubano referiu pela primeira vez a possibilidade de abandonar o poder. Com 81 anos e doente há 16 meses, Fidel Castro aludiu a hipótese numa mensagem teledifundida na segunda-feira. E justificou a sua posição «para abrir caminho aos mais jovens».

«O meu dever elementar não é o de me agarrar aos cargos, nem fechar o caminho a pessoas mais jovens, mas transmitir experiências e ideias cujo modesto valor provém da época excepcional que me foi dado viver», escreveu o dirigente cubano, chegado ao poder em 1959.  

                                                                                           in portugaldiário

 

Sempre disse que sonhava ir a Cuba, mas com o regime de Fidel Castro.

Sim, provavelmente estou a ser egoísta !

Afinal gostava de visitar Cuba com os carros antigos na rua, uma Cuba que parou no tempo.

Cuba que lutou contra o capitalismo Americano.

Não vou discutir a pobreza que a população luta no seu dia a dia.

Não vou discutir os presos políticos, as fugas para o estrangeiro, as perseguições.

Fidel, quer se goste ou não governou o pais durante mais de quarenta anos.

Lutou ao lado de  Che , conquistou o poder e o respeito de todos.

O seu nome será para sempre recordado.

Para uns o ditador, para outro o soldado , el comandante.

Até na hora de abdicar deixa marca.

Diz que está na hora de dar lugar aos mais novos...

Será?

Não sei, mas deu uma bofetada de luva branca a todos os que pensavam que ele ia morrer no poder!

Sei que gostaria de visitar Cuba pela história, por ser uma ilha onde o tempo parou... 

O pior é o guito !

Ui ...não há dinheiro para a viagem e estadia!

Continuo sonhando...

publicado por abadia7 às 22:20
sinto-me:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

13
16

17
20

25
28
29


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO